Macs perdidos deveriam
sempre voltar aos donos

Os roubos de laptop acontecem com mais frequência do que você imagina. Leia abaixo histórias verídicas de pessoas que recuperaram seus Macs roubados com o recurso Antirroubo do MacKeeper.

História real 1 História real 2

Confira os 5 principais locais
de perda ou roubo de laptops:

Porta-malas

Apartamentos
(devido a invasão)

Escritório

Sala de espera do aeroporto

Oficina

Recuperar um laptop perdido ou roubado é possível

A chave para recuperar um dispositivo perdido é agir imediatamente.

Toda semana nós recebemos dezenas de mensagens de nossos usuários agradecendo pela ajuda depois de conseguirem recuperar laptops perdidos ou roubados seguindo estes passos:

É possível recuperar um laptop perdido ou roubado com um pouco de sorte e a precaução de instalar um aplicativo como o MacKeeper com o Antirroubo para ajudar a localizar o dispositivo perdido.

  • 1Entre em sua
    conta do MacKeeper™.

  • 2Navegue até a
    guia "Antirroubo"..

  • 3Clique em "Report stolen
    computer" (Denunciar roubo de
    computador)
    para nos informar que seu Mac foi
    roubado.

Você sabia?

A parceria com o serviço de geolocalização do Google e o serviço de mapeamento on-line MapQuest permitem que o Antirroubo do MacKeeper™ localize com precisão o computador perdido e até identifique as redes sem fio e rastreie os endereços IP usados.

História real 1

Férias não frustradas

Leia a história verídica de um roubo de laptop contada pelo assistente social Claudio Oliver, que vive e trabalha no Brasil. Assim como muitas pessoas, ele precisa do seu computador todos os dias para trabalhar.

Em 2014, Claudio saiu de férias com a família. Quando chegaram em casa, foram dormir. Todos os pertences da família, incluindo laptops e câmeras, foram deixados nas malas. A casa deles foi assaltada durante a noite.

Um laptop é roubado a cada
53 segundos nos Estados Unidos

— relatório do Gartner Group

História real 2

Perdido, mas não esquecido

O jornalista esportivo Øystein Vik, de Bergens Tidende, na Noruega, havia retornado das
férias com a família no sul da Noruega quando o Mac dele foi furtado.

Vik havia saído do aeroporto e estava prestes a carregar a bagagem no carro
quando tudo aconteceu.

Virei de costas por um segundo, e nesse momento o ladrão pegou minha pasta com o Mac e desapareceu. Foi muita falta de sorte, contou Vik. Na maleta roubada havia luvas, um boné, um fone de ouvido e um MacBook.

A primeira coisa que ele fez foi acessar a Internet usando outro computador e entrar na própria conta para informar que o Mac havia sido roubado.

O ladrão do computador não utilizou a Internet imediatamente, o que deu a Vik tempo para informar a polícia e a seguradora sobre o furto na segunda-feira. Assim, na quarta-feira, ele verificou novamente a conta para ver se havia alguma atividade no computador. Bingo! O ladrão havia acessado a Internet três vezes e Vik havia recebido cinco imagens da webcam com o rosto do ladrão. As fotos eram nítidas e o homem podia ser claramente identificado, especialmente em uma das imagens, que era praticamente uma daquelas fotos de ficha de polícia.

"Tenho um programa chamado MacKeeper com um recurso antirroubo, e quando ele foi ativado, tudo que precisei fazer foi aguardar que o ladrão acessasse a Internet", disse Vik. Quando o programa é ativado, ele usa a webcam para tirar fotos da próxima pessoa que acessa a Web. Além da foto do ladrão, o programa registra o endereço físico, o endereço IP e até mesmo o nome da rede sem fio que o ladrão estiver usando.

Conte-nos a SUA história! Visite nossa página do FB, participe do nosso Street Team, envie um e-mail e torne-se parte de nossa comunidade de usuários satisfeitos do MacKeeper™!